segunda-feira, maio 26, 2008

sopa de mandioca

Desde aquela segunda feira, o tempo já esquentou, esfriou e tornou a esquentar novamente. E nada de eu postar a sopa. Então, antes que o mês vire e meu propósito de reativar o blog vá por água abaixo, estou postando a defasada sopinha do dia 12 que, apesar de tudo, ficou bem gostosa e foi simplérrima de fazer.

Eu tinha comprado uma mandioca com o intuito de comê-la, no café da tarde, com manteiga. Só que, como já aconteceu outras tantas vezes, dei com os burros n'água com tubérculo misterioso. O dito cujo não cozinhava por nada desse mundo, o que me fez perder a graça e a vontade de comer a mandioca como eu originalmente imaginara. Quem puder me ajudar, estou aceitando dicas de como escolher uma boa mandioca, pois essa minha incapacidade já está me irritando sobremaneira.

Como era uma segunda feira, dia em que costumo fazer uma limpa na geladeira, e já estando a mandioca sendo cozida, resolvi, então, transformá-la numa sopa. Depois de cerca de 40 minutos na pressão, e ainda assim pedaçuda, embora cozida, dei uma batida com o mixer de mão, para tornar o caldo mais uniforme. Em seguida, para incrementar o paladar do tubérculo rebelde, refoguei um pouco de cebola no azeite, acrescentei o restante de um de bife de panela, que achei por bem desfiar, e deixei tudo tomar gosto. Coloquei também, embora muito a contragosto, pois aboli os caldos da minha alimentação, abrindo raríssimas exceções para eles, um quadradinho de caldo de legumes. Já que estava tudo meio assim improvisado, né? Depois foi só acertar o sal e acrescentar a cebolinha com a sopa já servida na caneca.

Ficou uma delícia e, melhor de tudo, serviu para aquecer o corpo e a alma.

Marcadores: ,

14 Comments:

Blogger fezoca said...

Ana, valeu a pena esperar!
Sem falar que a foto esta linda, adorei a xicarazona. um beijo,

1:49 PM  
Blogger Nana said...

Essa era a sopa que mais gostava quando criança.
Torcia no frio para minha mãe fazer, era umas duas pratadas cheias.
Me deu saudades.
bjs

2:03 PM  
Blogger Ana Sixx said...

Oi Ana,

Ficou linda essa foto.
Sobre a macaxeira/aipim, não esquente com isso. Meu marido é agrônomo e de vez enquando me aparece com umas bem durinhas...rsrsrs

Eu tb não curto esses caldos.
Na última compra do mês comprei, um de carne e outro de galinha. Havia um tempão que eu não comprava...
Normalmente estragam na geladeira, vamos ver esses...

bjs

10:26 PM  
Blogger Luciana Macêdo said...

Aqui em casa também gostamos de sopa de mandioca e com este friozinho émuito bem vinda.
Bjs!

4:33 PM  
Anonymous Anônimo said...

Que máximo!!!
Receitas com lindas fotos só pra gente ficar com vontade de comer!
Vou ver tudo com calma, depois te mando um email.
Beijos,
Helô

7:49 PM  
Anonymous Helô said...

Acho que a casca tem que soltar fácil se for da boa. Mas se o tubérculo for realmente rebelde, jogue a água fora e encha a panela com água fria e cozinhe. Costuma dar certo.
Beijos

11:25 PM  
Blogger Cida Machado said...

Olá Ana, adoro cozinhar e como tal vivo a fuçar nos blogs alheios. Ontem fiz sopinha de mandioca tb, adoro sopas, e com esse frio, num têm nada melhor. Fiquei muito contente ao ver que seu rocambole foi recheado com um doce da minha cidade, que é o melhor. Beijão

7:39 PM  
Blogger Eliana Scaramal said...

Hum eu amo essa sopa amiga, fiquei aqui babando e no frio que está fazendo aqui, como seria bom ter uma caneca dessa sopinha!

11:38 PM  
Blogger AgriCabaz said...

vinamatos71@hotmail.com

3:11 PM  
Anonymous Anônimo said...

Para acertar na compra de mandioca boa, primeiro é preciso comprá-la na época certa (inverno no Brasil) depois verifique (se comprá-la descascada)se a casca saiu com facilidade, ela deve estar lisinha e não ter marcas de faca. Se for descascá-la, saberá logo se presta ou não, se a casca sair com facilidade.

Mandioca que não cozinha é horrível.

4:47 PM  
Blogger Bia Belliard said...

sopa de mandioca é bom demais, conseguiu salvar bem a mandioca que nao cozinhou ! bj

8:52 AM  
Blogger Ana Sixx said...

Ana,
Finalmente fiz as cavacas de fubá.
Vc tinha me feito algumas perguntas que naquele dia não soube de responder, agora sei.
Qdo fala em formas de cavaca, não é uma fôrma, é o formato.
A massa fica meio grossa, então com 2 colheres dá pra vc moldar no tabuleiro as formas de cavaca, que são redondas.
Eu fiz pequenas, e não do tamanho que normalmente encontramos nas padarias.
Olha, vale a pena tentar, eu gostei.
Só que não usei baunilha, não tinha em casa, da próxima vez vou colocar pra ver como fica.
Coloquei foto, vai dar uma conferida, tá em biscoitos.

bjsssssss

7:40 PM  
Anonymous Anônimo said...

Oi, Ana!
Quando compro mandioca sempre dou uma quebrada nela (mesmo que já esteja cortada) para verificar se está nova ou velha. O aimpim (mandioca) novo solta um pouco de leite, quanto maior a superficie com leite mais fresco e macio ele está. Procuro comprar aimpim com a casca interna rosada pois geralmente é mais gostoso.
Depois de quebrado ele estraga rápido. Costumo, assim que chego em casa, descascá-lo e colocá-lo em uma bacia com água na geladeira. Assim ele demora a estragar.
bjs!!!!!!!!!!!
Celeste

11:26 PM  
Anonymous Anônimo said...

eu faço caldo de mandioca, feijão e cheiro verde sempre que o tempo está frio.
e foundues doces também, com chocolate amargo derretido, nutryorac, morangos ou cerejas
o tempinho frio abre esmo meu apetite rsrsrs

8:37 PM  

Postar um comentário

<< Home